IPHAN busca o passado em Jaguarão

62
Foto Enfermaria Militar
Antiga Enfermaria Militar de Jaguarão - Futuro Centro de Interpretação do Pampa - CIP

Até o dia 4 de fevereiro devem estar concluídas as escavações junto às ruínas da Enfermaria Militar. Dez profissionais trabalham de domingo a domingo, desde o início do ano, e dividem-se entre analisar a arqueologia da arquitetura – para identificar as alterações na construção de 1883, ao longo do tempo – e buscar vestígios de um forte que teria começado a ser erguido no Cerro da Pólvora, o segundo ponto mais alto da cidade. É um processo imprescindível, para tirar do papel as obras que irão restaurar a antiga enfermaria e transformá-la no Centro de Interpretação do Pampa. É a primeira ação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Jaguarão, desde o tombamento do conjunto histórico e paisagístico, em final de dezembro.

Com a distinção, a cidade iguala-se a Santa Tereza, na Serra, e torna-se o segundo território gaúcho a receber o reconhecimento como Paisagem Cultural.

Neste domingo (23) e segunda-feira, portanto, a edição impressa do Diário Popular traz a palavra de lideranças da comunidade e mostra como o município de fronteira com Rio Branco, no Uruguai, prepara-se para investir na vocação turística.

Fonte: http://www.diariopopular.com.br/site/content/noticias/detalhe.php?id=1&noticia=32571

Fonte: Blog Jaguarão Cidade Patrimônio

Comentários